“Eu me consagro a ti, Mestra e Rainha. Acaso não sabeis que sou da imaculada?” (Acaso não sabeis / Colo de Deus).

Essa música certamente despertou e confirmou muitas vocações de pessoas que fugiam de responder com sinceridade o seu chamado. Mas também por conta dela, diversas coisas embaraçaram-se nas cabeças de muitos, fazendo com que acreditassem terem vocações certamente especificas ou até carismas específicos.

É verdade também, que todos somos filhos de Deus, irmãos de Jesus Cristo, protegidos/guiados pelo Paráclito e filhos da Serva da Trindade, herdados nos pés do madeiro da CRUZ.

Mas afinal, como saber se sou chamado para ser um consagrado a Jesus pelas mãos de Maria (método de Consagração pelo Tratado da Verdadeira Devoção de São Luís Montfort)?

Simples! Veja os sinais, leia os sinais, sinta-os!

Leia também: “A necessidade de Consagrar-se à Nossa Senhora”

Existem algumas formas que contribuem para isso: tenha um bom diretor ou orientador espiritual, mantenha sua confissão em dia, faça as penitências necessárias e principalmente tenha uma vida de oração e ZELO por ela!

A consagração à Nossa Senhora pelo Tratado em muitos casos, infelizmente, foi banalizada, seja pelo modismo ou até mesmo por ignorância.

A resolução desse problema está em uma fórmula prática e segura, estudo, FORMAÇÃO e AMOR pois, afinal, Nossa Senhora é o caminho mais fácil, seguro e certo para se chegar a Jesus, pois ela mesmo disse, “fazei tudo que Ele vos disser!”.

Mas como saberei se estou no caminho certo? São Luís Maria nos apresenta um fio de ESPERANÇA, para que possamos nos guiar.

São estes os preceitos mundanos em que não podemos viver e com os quais não podemos ser coniventes:

  1. Conhecer bem o mundo, acompanhado o século.
  2. Viver como homem honrando, contentando-se somente com as aparências./
  3. Orientar bem os negócios, tomando bem o dinheiro como o fim último da vida.
  4. Guardar bem os pertences, ignorando a caridade.
  5. Procurar sair do anonimato, adiantando-se na vida com ambição e ousadia.
  6. Procurar fazer amizades importantes, sem se preocupar em obedecer à consciência que nos adverte sobre as más companhias.
  7. Frequentar a alta sociedade, andando sempre atrás de pessoas em evidência.
  8. Comer e beber bem.
  9. Cultivar o bom humor, mesmo diante de toda sorte de prazeres culpável.
  10. Rejeitar a piedade, religião, obras de caridade ou outros ofícios devotos.    

Consagradinhos do Coração Imaculado, compreendem que existem algumas coisas que se tornam incompatíveis com a escolha de consagrar-se à Nossa Senhora? Irmão, leva a PAZ no coração e a FÉ na caminhada, pois após de recitar a fórmula, somos “vermezinhos” consagrados com ou sem cadeia!

Tá com dúvida se fez o caminho certo? Se de fato está seguindo o caminho da Imaculada? Pare e procure ajuda, irmão e faça uso da HUMILDADE, assim, poderemos dizer: de fato, sou da Imaculada!

Francinaldo Sousa
Filho de Deus, Católico, Pregador, Formador da Consagração Total à Nossa Senhora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: