Esse tempo de quarentena por conta da pandemia de coronavírus tem sido propício para maratonar dezenas e mais dezenas de séries atrasadas do seu streaming favorito, não é?

Pois bem, eu não gosto muito de séries, a não ser aquelas que passavam no SBT e que até hoje são reprisadas em diversos canais rs. Mas nesse tempo, uma produção em especial me chamou a atenção: “The Chosen – os escolhidos” (da VidAngel Studios).

Uma indicação…

É, eu não conhecia “The Chosen”. Cheguei à serie por indicação do Valmon Matos, da Comunidade Shalom. O cara fez um vídeo para o IGTV falando sobre a série de forma tão convincente que no mesmo dia baixei o aplicativo e assisti – até às 3h30 da manhã – os 4 primeiros episódios. Trabalhei à base de café no outro dia. E, claro, naquele mesmo dia finalizei a primeira temporada (que é a única até então).

Expectativa

Olha, tudo o que é produção secular sobre Jesus ou qualquer outra história bíblica, eu assisto com os dois pés atrás, isso quando tenho coragem de assistir (ps: aqui não entram as “superproduções” – é ironia, só pra deixar claro – da RecordTV). Creio que nesse sentido, todos nós ficamos impressionados, à época, com “A Paixão de Cristo” de Mel Gibson. O modo como mostrou as etapas da Paixão e Morte do Senhor nos levaram a um grau mais alto de contemplação da salvação, né?

“The Chosen” também é assim e você vai se impressionar ao assistir cada episódio, mergulhando assim na história de amor entre Deus e cada um de Seus filhos, através do Seu Filho Unigênito.

The Chosen

O meu retiro espiritual

Mas vamos ao que interessa. Como escrevi no título do texto, “The Chosen” foi o meu grande retiro espiritual nesse tempo de pandemia onde não pude sair de casa para rezar, adorar, celebrar, pregar… Agora está acontecendo o relaxamento do isolamento, então já está mais fácil, mas no início, sempre vinha a pergunta: cadê Jesus que não resolve isso? E Ele veio até mim através dessa série!

No seriado, Jesus me visitou de uma forma muito próxima, muito humana e muito amorosa. Através de cada personagem bíblico que ganhou uma história estendida (já que nas sagradas escrituras não encontramos tudo tudo sobre cada um deles, até porque isso não é tão essencial assim), Ele tocou também a minha história, minha missão, minha vocação, minha vida.

ALERTA DE SPOILER: O Mocinho morre e ressuscita no final! rs

Os pregadores do retiro

Todo bom retiro que se preze tem ótimos pregadores. E o meu encontro de quarentena não foi diferente.

Cada personagem bíblico mostrado com ênfase na série, ministrou uma pregação para mim, me tirando risos, lágrimas e outras tantas reações típicas de quem está aberto a ação de Deus. E eu estava!

Pense nesses caras aqui: Maria Madalena (de Magdala), Nicodemos, Simão Pedro, Mateus Apóstolo e a Virgem Maria. Eles pregaram pra mim durante esse grande retiro espiritual.

As vidas deles foram tocadas profundamente pela vida de Jesus e Esse os usou para que eu também fosse tocado.

Apóstolos, amigos. Amigos, apóstolos.

Em Maria Madalena, Jesus me lembrou que “pra Deus não existe nenhum caso perdido” e que, apesar dos meus erros e quedas, eu não sou o meu pecado, mas sou o homem criado pelo Pai, amado, pensado, sonhado e cuidado.

E Simão? Cabeça dura, turrão, que fraqueja na fé, mas que assume Jesus como seu único Senhor e Salvador. Tão parecido comigo! Nele, Jesus me lembrou que as minhas preocupações serão preocupações dEle se eu tiver coragem de segui-Lo!

Nascer de novo… em Nicodemos Jesus me ensinou que não existe idade ou tempo que O impeça de “fazer novas todas as coisas”.

Quem disse que ser racional é impedemento para seguir Jesus? Em Mateus entendi que minha racionalidade me faz escolher Jesus não apenas pelo que ouço dizer ou vejo acontecer, mas por quem Ele realmente é, essência provada no dia-a-dia, na vivência, na presença afetiva, no cuidado. Mateus me lembrou que Deus me vê onde estou!

E a Mãe estava lá…

“Estará lá a pessoa mais importante e poderosa que eu conheço” é uma frase de Jesus que me ficou marcada. Ele falava sobre a Virgem Maria, Sua Santíssima Mãe e Nossa Senhora. Nas Bodas de Caná, local do primeiro milagre público de Jesus, vemos em Maria que não existe fé que não seja olhada por Deus com carinho, a ponto deste “mover os céus” para que a graça aconteça. Maria “antecipa” a hora de Jesus e nos ensina a confiar e “fazer tudo o Ele nos disser”, atingindo até mesmo aquele mais incrédulo como Tomé (sim, Tomé aparece nas Bodas de Caná).

O ide..

É, todo bom retiro tem a benção de envio. E a nossa, no encontro de “The Chosen”, acontece no Poço de Jacó, na companhia da Samaritana. Ele sacia nossa sede e nos faz transbordar, para que todo lugar se torne lugar de oração, de adoração, de encontro com o Pai, “em espírito e em verdade”.

Claro que na série vocês podem contemplar muitas outras coisas como milagres, curas, histórias que você tem curiosidade como a de “quem é a mulher de Pedro”, “quem eram os noivos das Bodas de Caná” e por aí vai.

Mas eu quis enfatizar aqui o que mexeu comigo: os encontros com Jesus!

É assim que Ele me encontra: cara a cara, me ensinando a ser gente, mexendo com meus sentimentos, me chamando a segui-Lo porque cuidaria de tudo o que eu deixasse para trás.

Como assistir The Chosen?

Enfim, como assistir essa série TOP e fazer esse “retiro” com Jesus e tantos outros pregadores sensacionais?

“The Chosen – os escolhidos” não está na Netflix ou qualquer outro serviço de streaming, mas num aplicativo próprio, de onde você pode duplicar para a TV, computador ou assistir lá mesmo.

É tudo gratuito – porque muita gente já contribuiu para que a temporada fosse gravada – mas você também pode ajudar na “vaquinha” para que a segunda temporada seja gravada e colocada no ar.

Você baixa o Aplicativo “The Chosen” no Google Play e no Apple Store.

Deus te abençoe!

Ah, veja o vídeo do Valmon que me convenceu a assistir à série:

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: