A pior coisa é você ouvir na Igreja ou em qualquer outro lugar um discurso lindo e depois perceber que o mesmo que falou tantas coisas, fez totalmente o contrário.

Assim eram os fariseus: rezavam, jejuavam, iam ao Templo quase todos os dias. Mas faziam tudo isso pra terem notoriedade. Na hora da prática, eram piores que os piores pecadores da cidade, pois neles não havia consonância entre palavra e ação, entre oração e testemunho.

É sobre isso que falo no vídeo de hoje à luz da Palavra de Deus e também do programa “O Aprendiz”, apresentado por Roberto Justus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: